Networks: knowlegde in the age of interconnectivity

Excelente video com o Manuel Lima, o cara do Visual Complexity.

Alguns trechos:

We´re really facing a paradigm shift in the sense that trees are no longer able to acomodate the complexity of modern world.

Neste trecho, ele comenta que, historicamente, a metáfora da árvore muitas vezes foi utilizada para representar o conhecimento, sempre de maneira hierárquica e harmônica. Esse conceito começa a mudar no século XX, com a emergência dos estudos da complexidade e do caos.

The network is an alternative concept of beauty.

A beleza não necessariamente deve estar na harmonia ou no reconhecimento de padrões – apesar de ser algo que sempre buscamos. Não é de maneira fortuita que muitos artistas apontaram para esse caminho da abstração (inclusive Pollock, que Manuel cita em um trecho do vídeo).

This entry was posted in conhecimento, design da informação, estéticas tecnológicas, mapa, sistemas dinâmicos, visualização. Bookmark the permalink.