Alguns números sobre Web 2.0

Uma das palestras do IA Summit 2008.

O título engana um pouco e certamente a amostragem se refere a um universo distinto da realidade brasileira. Mas achei que alguns pontos são válidos: ainda que óbvios, reforçam fatores muito relevantes.

– o poder dos mecanismos de busca na compra de produtos on-line;
– as pessoas confiam nos ratings e reviews dos outros usuários ao escolher um produto ou uma loja;
– as home pages estão perdendo a importância, uma vez que é cada vez mais freqüente chegar a um determinado conteúdo interno por uma busca ou seguindo um link específico.

3 thoughts on “Alguns números sobre Web 2.0

  1. Home page como página inicial. Com muita freqüência chegamos a um conteúdo diretamente numa página interna, seja por um link que alguém te passou, seja por um resultado de busca. Nesse sentido, é fundamental que a pessoa saiba se encontrar, ter uma noção de navegação global: onde estou e onde posso chegar. Assim, as “home pages” não são mais, necessariamente, o ponto de partida da navegação. Ficou mais claro?

  2. Pode ser, mas a página inicial sempre dá uma guiada… e tem tbm o mapa do site que, se fosse mais bem feito, a galera talvez usasse. Mas geralmente é tão mal feito que a gente até desiste de usar… acho que a galera gosta mesmo é de ir “fuçando” aleatóriamente… mas a página inicial sempre rola de verificar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *