Impressões iniciais do EBAI

Acabei de chegar do EBAI e gostaria de registrar algumas impressões iniciais e opiniões sobre o evento:

1) Foi bastante interessante o fato de diversos palestrantes ressaltarem a atuação da Aquitetura da Informação num contexto mais amplo do que estamos acostumados no nosso dia-a-dia profissional. Ficou bem claro, pra mim, a necessidade de se expandir o nosso pensamento para as diversas e múltiplas possibilidades de aplicação da informação em situações que vão além da internet e dos browsers. Ao pensar dessa forma, encaramos a experiência interativa do usuário com a informação de forma muito mais rica e intensa, seja através dos dispositivos informacionais móveis (celulares, palms, mp3 players), sem falar nos painéis, displays, automóveis, eletrodomésticos, roupas (!!!), exposições, museus, etc., etc., etc.

2) Foi muito bem lembrada também a questão da mudança de alguns paradigmas metodológicos da Arquitetura da Informação, em função do contexto de maior participação e colaboração do usuário na construção de sistemas sociais de informação baseados em colaboração. A verticalização e a hierarquia fixa de critérios de organização de conteúdo, típicos do “primeiro momento da internet” precisam ser revistas e atualizadas.

3) Fiquei muito feliz por encontrar as pessoas que somente via por gmail ou msn. Fiz novas amizades, novos contatos e conheci figuraças, como o Fred, do Usabilidoido e o Henrique do Revolução etc (por sinal, sujeitos muito acessíveis e, principalmente, simples). Espero manter o contato com a galera e, sempre que possível, trombar com o pessoal nos próximos encontros e eventos.

4) Ah, sim, claro. Apresentei uma palestra: Personalização e colaboração na Web 2.0: novos caminhos para a Arquitetura da Informação.

Por enquanto é só, estou absorvendo as idéais ainda e, em breve, coloco mais algo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *