The information becomes the interface

Iphone screen

Tufte faz uma breve análise da interface touch-screen do iphone. Em seguida, ele apresenta alguns conceitos de distribuição e visualização de informação em ambientes interativos, detalhados em seu livro Visual Explanations (1997).

Destaco alguns pontos interessantes:

– Se a informação é caótica, não comece simplesmente “jogando” informações. Ao invés disso, torne o design mais apropriado.
– Um erro comum: a arquitetura de informação mimetizar a estrutura hierárquica da burocracia que produz o design.
– Dedicar grande parte da interface a comandos de administração, e não ao conteúdo que realmente interessa.

“The iPhone platform elegantly solves the design problem of small screens by greatly intensifying the information resolution of each displayed page. Small screens, as on traditional cell phones, show very little information per screen, which in turn leads to deep hierarchies of stacked-up thin information–too often leaving users with “Where am I?” puzzles. Better to have users looking over material adjacent in space rather than stacked in time.”

2 thoughts on “The information becomes the interface

  1. Quando eu penso em vídeo desse contexto, fico ainda mais confuso em como proceder.
    Voce tem algum material ou texto que trate da interacao com vídeo?

  2. Sugiro que procure os seguintes autores: (nada muito prático, mais teórico)

    Lev Manovich
    http://www.manovich.net

    Adrian Miles
    “Paradigmas cinemáticos para o hipertexto”, não sei como é em inglês

    Peter Weibel
    “Teoria narrada: projeção múltipla e narração múltipla (passado e futuro)”

    Jeffrey Shaw
    “O cinema digitalmente expandido: o cinema depois do filme”

    Peter Lunenfeld
    “Os mitos do cinema interativo”

    Talvez ajude a dar um norte,

    Abraço,

Leave a Reply to Daniel Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *