Um pouco de etimologia

Informação – A raiz do termo vem de formatio e forma, que transmitem a idéia de moldar algo ou formar um molde. O termo se tornou popular a partir da invenção da imprensa, que organizava as palavras e frases em uma forma.

Cálculo – Latin calculus, pedra. Origem remete ao ábaco, calculadora dos povos antigos. Algarismos e operações eram representados em pequenas pedras presas à varetas de madeira.

Digitaldigitus, dedo em latin. Os caras usavam justamente sua habilidade com os dedos para fazer cálculos.

Possíveis interpretrações estranhas:

Cálculo renal
– dói muito.

Impressão digital – recentemente tirei segunda-via da minha carteira de indentidade e, ao me dirigir à sala para registrar minhas ‘impressões digitais’, por impulso veio à minha cabeça as gráficas rápidas… Em seguida, pensei em uma tecnologia de armazenamento das marcas dos dedos no computador por meio de leitores ópticos, tipo aqueles leitores de códigos de barras nos caixas eletrônicos. Saí com os dedos pretos de tinta, rindo sozinho. Mas pelo menos eles fornecem uns papéis úmidos para limpeza das mãos.

One thought on “Um pouco de etimologia

  1. Eu tirei há menos de um mês um visto pros EUA. Rola leitor óptico de impressão digital. Ah, tá… mesmo lá no Minas (Tênis Clube), em BH, a gente já entra só colocando o dedo. Agora já rola de esquecer a carteirinha. É a burocracia do estado que ainda não teve tempo de se re-estruturar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *